Município sem professores – 25/02/11

A Câmara de São Vicente reprovou por 5 votos a 3, o projeto que autorizava a contratação de funcionários. Entre eles está 15 professores, merendeiras e motoristas para a Educação. Também reprovaram a contratação para servidores para área Administrativa, Saúde, Agricultura e Obras. O prefeito Jorge Martins preocupado, alerta que isso prejudicará o início das aulas previstas para próxima segunda-feira, 28, devido a falta de professores e motoristas para transportar os alunos.O impasse!Os vereadores do PP: Gilberto Rosa, Clanilton Salvador e Rosmari Bissaco, o pmdebista Laurício Bigheline e petista Davi Sete votaram contra a aprovação. De acordo com a lei que prevê a contratação de funcionários de 6 meses renovável por mais 6 meses para uma função, depois disto é obrigatório concurso público para preencher a vaga, prazo que já esgotado há anos. Já os vereadores Osmar Gabriel, PMDB, José Luiz e Maria Dutra do PTB defendem a contratação.Prefeito ficou irritadoO prefeito Martins lamenta tal posição dos vereadores, “deveriam aprovar as contratações, pois quem vai ser prejudicado com a reprovação são seus filhos, que ficarão sem aula. Eles não pensaram que tal posição não me prejudica e, sim, a população”.A culpa é dos vereadores”Vetarei o projeto e aguardo a posição novamente dos nobres. Por questão de justiça devo agradecer os vereadores Paulo Flores, Osmar Gabriel, José Luiz Carvalho e Maria Dutra, pela compreensão”. O prefeito Martins disse que o ano letivo vai demorar para começar por culpa dos vereadores. Segundo o vereador Paulo Flores, o prefeito não pode vetar um projeto reprovado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *