O cartão postal de São Vicente 03/10/08

Há 16 anos, a empresária Roseni Pizzolatto adotou o trevo de acesso a São Vicente do Sul. Hoje, na entrada da primavera, não há quem não se encante ao se deparar com verdadeiro jardim no meio da estrada. Rosi, como é conhecida, contrata até funcionários para lhe ajudar, hoje quem lhe auxilia na limpeza dos canteiros é Liegi Pinto. A empresária que gastou cerca de 400 reais em mudas de flores, diz que o trabalho com a terra serve como uma terapia para melhorar os rendimentos no escritório. Quem aprova seu trabalho e quiser ajudar, ela solicita adubo de mangueira. Mais lindo que as flores é o trabalho prestado por Rosi e sua equipe que, além de seu trabalho ser voluntário, ela ainda investe financeiramente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *