Suspeitos em família 13/03/09

A polícia assisense prendeu mais 5 suspeitos de envolvimento na morte do empresário Alcione Pires, assinado em fevereiro de 2008. Após ser golpeado na nuca, Alcione teve seu corpo desovado na rodovia que margeia a cidade como se tivesse sofrido um acidente. A suspeita recaiu sobre Noedilma Heman, esposa da vítima, que está presa há vários meses. Os demais presosNesta semana também foram presos, sob suspeita de envolvimento: o vereador Ademar Roos (concunhado de Alcione); Zelinda Heman (sogra de Alcione), Pedro Valmor e Zandiomar Heman (brigadiano), preso na capital (cunhados de Alcione) e Valdecir Lamberti (tio de Alcione – Irmão da mãe de Alcione e que, atualmente, tocava a loja que era do empresário assassinado. Todos devem ficar por 30 dias detidos até que a polícia conclua as investigações. Conforme o delegado Marcos Viana, ao fim desse prazo, caso a polícia ou a Promotoria não peça a prorrogação, eles poderão sair livres.Ajudando no velórioNa foto do enterro de Alcione Pires, três dos supostos envolvidos ajudam a carregar o corpo. Na direita, bem à frente, o vereador Ademar Roos; à esquerda, bem atrás, o policial Zandiomar Silveira Heman e Pedro Valmor Heman, irmãos da esposa de Alcione, Noedilma Heman, a qual aparece chorando no meio da multidão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *